A Vacina (COVID-19) chegou, mas os cuidados continuam: Entenda mais sobre como continuar a prevenção

A vacina contra a Covid-19, que esperamos ansiosamente no último ano, já está sendo distribuída pelo Brasil. Aos poucos estamos acompanhando o grupo de risco ser vacinado, o que nos proporciona um certo alívio em saber que estão protegidos.

Mas você sabia que, mesmo vacinados, os cuidados com a prevenção ainda devem continuar dentro e fora de casa?


Especialistas dizem que, mesmo após a vacina, ainda será preciso usar máscara como forma de prevenção.


O que fazer depois de tomar a vacina?


No último ano surgiram diversos vídeos e memes na internet em que as pessoas diziam que, após tomar a vacina, iriam jogar as máscaras fora e comemorar com os amigos.

Apesar de ser uma ideia tentadora, os especialistas afirmam que ainda levará um tempo para que possamos abandonar as máscaras e aglomerar sem preocupação.


A bióloga Natália Pasternak explica que, depois de tomar a 1ª dose da vacina, é preciso voltar para casa e manter o isolamento social. Após a 2ª dose ainda é necessário esperar por pelo menos 15 dias para que a vacina atinja o nível de eficácia esperado. Além de todo esse processo, ainda é preciso esperar que boa parte da população já tenha sido imunizada para a vida voltar ao normal.


Quais cuidados de prevenção devo continuar? (H2)


Usar máscara e lavar as mãos


A pandemia mudou protocolos do dia a dia das indústrias, empresas e das nossas casas. Uma das grandes mudanças foi a de sempre lembrar de higienizar as mãos.


Este é um hábito que deve seguir mesmo após a pandemia. Lavar as mãos e não levá-las ao rosto são atitudes que ajudam a prevenir tanto a Covid-19 como reduzir a proliferação de micróbios que estão entre nós todo o tempo.


Tirar os sapatos para entrar em casa


Os sapatos pisam em muitos lugares, desde banheiros públicos a calçadas e ruas movimentadas. Entrar em casa com esses mesmos sapatos da rua pode ser prejudicial à saúde.

Este hábito evita que poeira (alérgenos) e microrganismos sejam levados para o interior das casas.


Higienizar as comprar do mercado


Outro hábito que passou a ser rotina foi o de higienizar tudo que vem da rua, principalmente do mercado.

Especialistas indicam que higienizar os itens que vêm em embalagens de plástico com água e sabão é o suficiente para prevenir a doença.

Produtos à base de papelão podem ser limpos com um pano umedecido com um pouco de álcool a 70%.

Esta atividade também contribui para retirar resíduos de sujeira, não necessariamente relacionados a vírus, mas bactérias e até a poeira do próprio mercado.


Carteira, chave e telefone


Os itens que sempre levamos para a rua também precisam de atenção na hora de voltar para a casa.

O ideal é colocar a carteira, chaves e outros objetos dentro de uma caixa na entrada de casa. Passar um pano com água sanitária pode ser uma boa forma de higienizá-los.

Evite produtos abrasivos ao limpar o telefone. A forma recomendada para higienizá-lo é com álcool etanol com concentração 70% e álcool isopropílico com concentração 70%.


Cuidados ao passear com o animal de estimação


Assim como os nossos sapatos necessitam de atenção, as patinhas do seu pet também precisam de cuidado.

Ao levá-lo para passear na rua, lembre sempre de desinfetar as patas antes de entrar em casa.


Evite pagar com dinheiro


O dinheiro não constitui uma forma de transmissão comum de covid-19, mas a manipulação de notas e moedas com as mãos aumenta o contato entre as pessoas e a probabilidade de contágio. Não esqueça de higienizar as mão logo em seguida!



O que fazer para se distrair em casa?

Se você faz parte do grupo de risco mas ainda não se vacinou, fique tranquilo que esse momento está cada vez mais próximo.

Ficar em casa pode ser cansativo, pensando nisso que nós dedicamos um post no blog apenas com dicas do que fazer em casa.


A verdade é que alguns hábitos novos seguirão na nossa rotina, mesmo após a vacina. O importante é sempre lembrarmos que, ao nos proteger, protegemos aqueles que não podem ser vacinados.


6 visualizações