Benefícios do Yoga na recuperação de pacientes - Avatti

O Yoga é uma prática ancestral nascida na Índia há vários milênios. Alguns arqueólogos datam essa prática com origem de 5500 anos atrás.

O dia 21 de junho foi a data escolhida pela ONU para celebrar o Dia Internacional do Yoga. Essa escolha não foi aleatória, pois nesse mesmo dia acontece o solstício de verão no hemisfério norte.


Yoga e pacientes com doença cardíaca


A prática de qualquer exercício físico pode proporcionar muitos benefícios à saúde. Com o yoga não poderia ser diferente.

Dentre os benefícios, vale destacar a redução da ansiedade e dos níveis de estresse, a melhora do sistema digestivo e circulatório, além do desenvolvimento da capacidade de concentração.


Você já testou o Yoga para melhorar a qualidade do seu dia a dia?


Um estudo liderado pelo professor Naresh Sen, do Hospital Hridaya Ganesha Sunil Memorial Super Speciality, em Jaipur, recomenda a prática do Yoga como tratamento de recuperação de pacientes que sofreram um ataque cardíaco.


O estudo foi apresentado no congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia, em Paris, e recomenda a execução de um programa de yoga de três meses para pacientes que passaram por cirurgias nas artérias após sofrerem o distúrbio no coração.


A atividade contribui para reduzir o estresse metabólico, diminuir a demanda por oxigênio e prevenir danos físicos no coração. O acompanhamento médico é muito importante para ter orientações sobre o estilo de vida a ser seguido. A prática deve ser acompanhada de uma alimentação balanceada.


Yoga e pacientes com câncer


No caso de pacientes com câncer, a recomendação é a prática do Yoga Restaurativo que, se praticado com a orientação de um profissional, pode melhorar o sono, abaixar a pressão arterial e batimentos cardíacos e até diminuir os níveis de glicose.


O Yoga Restaurativo pode ser realizado na própria cama, sendo importante nos casos em que o paciente fica imunodeprimido e, portanto, sujeito a infecções oportunistas. Nesse caso, ainda recomendamos o uso do colchão pneumático, que estimula o sangue a chegar nos tecidos que estejam sofrendo com deficiência circulatória, melhorando problemas de pressão contínua em pacientes imóveis e de baixa mobilidade.


Em 2011, uma pesquisa realizada pelo MD Anderson Cancer Center (uma das principais referências mundiais no tratamento do câncer) indicou que o exercício reduziu os níveis de cortisol (hormônio do estresse), o cansaço e promoveu a melhora no funcionamento do organismo das mulheres como um todo. O estudo foi realizado com portadoras do câncer de mama.


Quando em baixos níveis, o neurotransmissor GABA está ligado à depressão e outros transtornos de ansiedade. Ao longo do estudo, percebeu-se que a prática do Yoga também estimulou a produção desse neurotransmissor.


Cuidados ao praticar yoga


Assim como todo exercício, o yoga também deve ser acompanhado por um profissional. Antes de iniciar a prática, converse com o seu médico e busque orientações, principalmente sobre as rotinas de yoga a serem realizadas e posturas a evitar.


Algumas posturas não são aconselháveis dependendo de suas condições no momento de início das atividades.


Não esqueça que seu corpo precisa se recuperar e é preciso começar de forma lenta e gradual. Não teste seus limites, e qualquer sinal de dor, avise ao instrutor e ao seu médico.


Uma prática segura e bem orientada pode trazer benefícios incontáveis para a sua saúde.






Fontes: https://revistacasaejardim.globo.com/Casa-e-Jardim/Bem-Estar/noticia/2019/09/estudo-recomenda-pratica-de-yoga-para-individuos-que-sofrem-com-problemas-cardiacos.html

http://www.oncoguia.org.br/conteudo/materia-o-yoga-e-os-beneficios-ao-paciente-com-cancer/2030/8/

https://www.abbottbrasil.com.br/corpnewsroom/healthy-heart/beneficios-da-ioga-para-pacientes-cardiacos.html


16 visualizações